terça-feira, janeiro 26, 2010

Sobre falar com Deus e outras coisas

Quando a vejo de cima não me causa medo a cidade. As ruas racham os prédios e tudo continua calmo e tranquilo. Deus respira ali, respira a caliça amontoada em prédios e árvores e terra. Deus plana tanto quanto eu ao ver as coisas daqui. Mas logo as pessoas crescem de novo, as pessoas crescem e jogam seus cremes e cheiros caros em cima de mim, como este cara do lado. Ele não olha pela janela, é grande, nunca encara o chão. 
Deus e eu brigamos faz um tempão, mas tenho de admitir que Ele ri mais que eu. Se a cidade se congelasse pra sempre talvez eu riria. Ponto pra Ele. A fé deixa a gente igual. Todos vieram d’Ele e voltam a Ele. Um e setenta, terno cinza-claro, sapatos 42 pretos, engraxados. 
Matei Deus e meu sorriso condescendente. Fiquei banguela e os dentes deles, lá embaixo, ao lado, atrás, na frente, são grandes e brilhantes. E agudos. Vejo ninguém agora. Olhos abertos, dormentes, olhos comendo um imenso pote de mousse de limão, olhos passando os dedos nas pontes, ruas, prédios, morros e praias, olhos desenhando, olhos brincando de Deus. 
Hoje é daqueles dias em que dá uma vontade ensandecida de bater papo com Ele, mas nossa prolixidade esmaeceu. Pouco justo de minha parte e muito menos da d’Ele caso nos prestássemos a esse joguinho retardado, pueril. Não sou mais tão idiota pra acreditar em perdão ou equívoco. Ele me escutaria numa curva irônica da boca e pensaria que tremenda perda de tempo aquilo tudo. Roçaríamos as mãos, tiritando os sapatos e jorrando o olhar nas crianças suadas atrás do cachorro pulguento que arrebentou a coleira e vai se esborrachar num carro doido qualquer.  
Não se acha Deus apenas num bar imundo em que viciados se picam ou num intimidante prédio barroco com sóis engastados arremedando a mormacenta manhã cálida que se recusa a pôr os pés além dos umbrais. Deus está neste nerd imbecil do lado e no cara que equilibra esta porra no vazio enquanto fode a mulher das mímicas ridículas. Deus está na fodida e naquelas coisas que se aboletam nos ônibus lá longe. Deus está em tudo que não se encosta a mim. 

6 comentários:

Cecília França disse...

Eu tinha que comentar sua notícia sobre o alistamento do Beto Preto para ajudar no Haiti. Hahahaha
É um filho da p... mesmo!
Como foi seu final de ano? Vou te mandar um e-mail essa semana contando as novidades acrIanas.
Beijos meu irmão, saudade.
Ah, e continua escrevendo. Adoro!

Cecília França disse...

Opa, esqueci do Cristão!!! Alguém precisa resgatar esse jornal...

Serbão disse...

muito bom... :)

NaNa Caê disse...

quase que o Nie.
Matando Deus, mas de modo melhor.

adorei.

Camila disse...

De fato, eu nunca cheguei na Legião Urbana hahaha depois da Legião Urbana, só se matando e encontrando Deus pessoalmente xP

guga disse...

ahahaha